osolbrilha

Forum Replies Created

A visualizar 1 artigo (de um total de 1)
  • Posts
    osolbrilha
    Participante

    Ola!

    Eu e o meu namorado ficamos apaixonados por Cabo Verde!!!!, ao ponto que o nosso sonho seria de nos casarmos na Ilha do Fogo. Ja contactamos as entidades de la para saber o que seria preciso para tal mas infelizmente esta a ser muito dificil… 🙄 eles dizem que visto que nao somos Cabo-Verdianos (eu sou Portuguêsa e o meu namorado é Suiço) entao antes teriamos que viver pelo menos 30 dias em Cabo Verde e so depois teriamos a autorizaçao de casar… Infelizmente o meu patrao jamais me deixaria tirar 30 dias de férias de seguida…

    Sera que alguem ja viveu uma experiência parecida?, ou alguém conhece um casal nao Cabo-Verdiano que se casou em Cabo Verde e que possa me partilhar o segredo?

    Se alguem me pudesse aconselhar para que o nosso sonho se pudesse realizar… 😀

    Muito obrigadinha,
    osolbrilha

    @sodade é tcheu wrote:

    Descrição

    O casamento é uma união voluntária entre duas pessoas, de sexo diferente, que implica direitos e deveres recíprocos, nos termos da lei. O processo de transmitação processual inicia-se nas repartições do registo civil, com a manifestação da intenção voluntária de contrair casamento.

    Aqueles que pretendem contrair casamento devem declará-lo, pessoalmente, ou por intermédio de um procurador, numa conservatória do registo civil ou equivalente nas representações diplomáticas e consulares para requerer a instauração do respectivo processo de publicações.

    Ao proceder à declaração para casamento, os noivos poderão escolher a modalidade civil, católica ou sob outra forma religiosa, indicar o local onde pretendem casar e o regime de bens desejado.

    Requisitos

    Noivo(a) Nacional

    – Bilhete de Identidade

    – Atestado de Residência

    – Certidão de Nascimento

    -CERTIDAO DE NASCIMENTO:Conservatória dos Registos da BoaVista SalRei-2511105(07:30-15:00)175ECV

    -ATESTADO DE RESIDENCIA:C.M.BoaVista175ECV.

    Noivo(a) estrangeiro(a)

    – Passaporte

    – Certidão de Nascimento autenticado na Embaixada ou Consulado do país de origem

    – Certificado de Capacidade Matrimonial emitido no país de origem devidamente autenticado na Embaixada ou Consulado do seu país de origem ou emitido pela Direcção-Geral dos Registos e Notariado

    Quem pode requerer

    Cidadãos solteiros, com idade superior a 16 anos; que não apresentem anomalia psíquica nem demência notória.

    Quando requerer

    – Quando quiser.

    – O dia é escolhido pelos noivos, mas a hora será fixada pelo conservador depois de ouvir os interessados

    – O casamento celebrado fora da conservatória implica o pagamento de uma taxa.

    Casamento de um Cidadão Cabo-verdiano no estrangeiro

    1. Se pretende casar-se no estrangeiro deve reunir-se das certidões de nascimento e certificado de capacidade matrimonial junto da Conservatória dos Registos Centrais para apresenta-las as autoridades competentes no estrangeiro.

    2. Caso tenha casado no estrangeiro, os assentos de casamento celebrados no estrangeiro por cabo-verdianos ou por estrangeiros que adquiriram a nacionalidade de Cabo-verdiana devem ser transcritos na Conservatória dos Registos Centrais.

    Casamento de um Cidadão Estrangeiro em Cabo Verde

    Casamento de um Cidadão Estrangeiro em Cabo Verde

    1. Inicia o processo com a apresentação de um certificado passado pela entidade competente do seu país;

    2. Quando não seja possível apresentar o certificado, é feita a verificação da capacidade matrimonial através de um processo organizado pela Conservatória dos Registos Centrais e decidido pelo responsável máximo dos RNI.

    Custo

    Na Repartição (Valores aproximados)

    Hora Normal—-2010 ECV

    Fora de Hora—-2210 ECV

    Fora Repartição (Valores aproximados)

    Normal—-3020 ECV

    Fora de Hora—-3470 ECV

    Legislação

    Código Civil;

    Saudações cordiais

    @sodade é tcheu wrote:

    Descrição

    O casamento é uma união voluntária entre duas pessoas, de sexo diferente, que implica direitos e deveres recíprocos, nos termos da lei. O processo de transmitação processual inicia-se nas repartições do registo civil, com a manifestação da intenção voluntária de contrair casamento.

    Aqueles que pretendem contrair casamento devem declará-lo, pessoalmente, ou por intermédio de um procurador, numa conservatória do registo civil ou equivalente nas representações diplomáticas e consulares para requerer a instauração do respectivo processo de publicações.

    Ao proceder à declaração para casamento, os noivos poderão escolher a modalidade civil, católica ou sob outra forma religiosa, indicar o local onde pretendem casar e o regime de bens desejado.

    Requisitos

    Noivo(a) Nacional

    – Bilhete de Identidade

    – Atestado de Residência

    – Certidão de Nascimento

    -CERTIDAO DE NASCIMENTO:Conservatória dos Registos da BoaVista SalRei-2511105(07:30-15:00)175ECV

    -ATESTADO DE RESIDENCIA:C.M.BoaVista175ECV.

    Noivo(a) estrangeiro(a)

    – Passaporte

    – Certidão de Nascimento autenticado na Embaixada ou Consulado do país de origem

    – Certificado de Capacidade Matrimonial emitido no país de origem devidamente autenticado na Embaixada ou Consulado do seu país de origem ou emitido pela Direcção-Geral dos Registos e Notariado

    Quem pode requerer

    Cidadãos solteiros, com idade superior a 16 anos; que não apresentem anomalia psíquica nem demência notória.

    Quando requerer

    – Quando quiser.

    – O dia é escolhido pelos noivos, mas a hora será fixada pelo conservador depois de ouvir os interessados

    – O casamento celebrado fora da conservatória implica o pagamento de uma taxa.

    Casamento de um Cidadão Cabo-verdiano no estrangeiro

    1. Se pretende casar-se no estrangeiro deve reunir-se das certidões de nascimento e certificado de capacidade matrimonial junto da Conservatória dos Registos Centrais para apresenta-las as autoridades competentes no estrangeiro.

    2. Caso tenha casado no estrangeiro, os assentos de casamento celebrados no estrangeiro por cabo-verdianos ou por estrangeiros que adquiriram a nacionalidade de Cabo-verdiana devem ser transcritos na Conservatória dos Registos Centrais.

    Casamento de um Cidadão Estrangeiro em Cabo Verde

    Casamento de um Cidadão Estrangeiro em Cabo Verde

    1. Inicia o processo com a apresentação de um certificado passado pela entidade competente do seu país;

    2. Quando não seja possível apresentar o certificado, é feita a verificação da capacidade matrimonial através de um processo organizado pela Conservatória dos Registos Centrais e decidido pelo responsável máximo dos RNI.

    Custo

    Na Repartição (Valores aproximados)

    Hora Normal—-2010 ECV

    Fora de Hora—-2210 ECV

    Fora Repartição (Valores aproximados)

    Normal—-3020 ECV

    Fora de Hora—-3470 ECV

    Legislação

    Código Civil;

    Saudações cordiais

    @sodade é tcheu wrote:

    Descrição
    O casamento é uma união voluntária entre duas pessoas, de sexo diferente, que implica direitos e deveres recíprocos, nos termos da lei. O processo de transmitação processual inicia-se nas repartições do registo civil, com a manifestação da intenção voluntária de contrair casamento.
    Aqueles que pretendem contrair casamento devem declará-lo, pessoalmente, ou por intermédio de um procurador, numa conservatória do registo civil ou equivalente nas representações diplomáticas e consulares para requerer a instauração do respectivo processo de publicações.
    Ao proceder à declaração para casamento, os noivos poderão escolher a modalidade civil, católica ou sob outra forma religiosa, indicar o local onde pretendem casar e o regime de bens desejado.

    Requisitos
    Noivo(a) Nacional
    – Bilhete de Identidade
    – Atestado de Residência
    – Certidão de Nascimento

    -CERTIDAO DE NASCIMENTO:Conservatória dos Registos da BoaVista SalRei-2511105(07:30-15:00)175ECV
    -ATESTADO DE RESIDENCIA:C.M.BoaVista175ECV.

    Noivo(a) estrangeiro(a)
    – Passaporte
    – Certidão de Nascimento autenticado na Embaixada ou Consulado do país de origem
    – Certificado de Capacidade Matrimonial emitido no país de origem devidamente autenticado na Embaixada ou Consulado do seu país de origem ou emitido pela Direcção-Geral dos Registos e Notariado

    Quem pode requerer
    Cidadãos solteiros, com idade superior a 16 anos; que não apresentem anomalia psíquica nem demência notória.

    Quando requerer
    – Quando quiser.
    – O dia é escolhido pelos noivos, mas a hora será fixada pelo conservador depois de ouvir os interessados
    – O casamento celebrado fora da conservatória implica o pagamento de uma taxa.

    Casamento de um Cidadão Cabo-verdiano no estrangeiro
    1. Se pretende casar-se no estrangeiro deve reunir-se das certidões de nascimento e certificado de capacidade matrimonial junto da Conservatória dos Registos Centrais para apresenta-las as autoridades competentes no estrangeiro.
    2. Caso tenha casado no estrangeiro, os assentos de casamento celebrados no estrangeiro por cabo-verdianos ou por estrangeiros que adquiriram a nacionalidade de Cabo-verdiana devem ser transcritos na Conservatória dos Registos Centrais.
    Casamento de um Cidadão Estrangeiro em Cabo Verde

    Casamento de um Cidadão Estrangeiro em Cabo Verde
    1. Inicia o processo com a apresentação de um certificado passado pela entidade competente do seu país;
    2. Quando não seja possível apresentar o certificado, é feita a verificação da capacidade matrimonial através de um processo organizado pela Conservatória dos Registos Centrais e decidido pelo responsável máximo dos RNI.

    Custo
    Na Repartição (Valores aproximados)
    Hora Normal—-2010 ECV
    Fora de Hora—-2210 ECV
    Fora Repartição (Valores aproximados)

    Normal—-3020 ECV
    Fora de Hora—-3470 ECV

    Legislação
    Código Civil;

    Saudações cordiais

A visualizar 1 artigo (de um total de 1)