Ligazôes marítimas mais rápidas

Início Fóruns Eventos/Notícias/Novidades de Cabo Verde Ligazôes marítimas mais rápidas

Este tópico contém 2 respostas, tem 2 utilizadores, com a última actualização feita por  imported_jose ramon Há 11 anos, 3 meses.

A visualizar 3 artigos - de 1 a 3 (de um total de 3)
  • Posts
    imported_jose ramon
    Participante

    Cabo Verde passa a ter, a partir de hoje, ligações marítimas mais rápidas, com a entrada em funcionamento de dois “catamarans” da Moura Company.

    As duas embarcações irão fazer as ligações inter-ilhas, nomeadamente, de São Vicente para Santo Antão e São Nicolau e ainda da Praia para as ilhas do Fogo, Brava, Maio, Sal e Boa Vista.

    De acordo com o administrador da empresa, Policarpo Carvalho, citado pela Lusa, as embarcações são ultra-rápidas e irão diminuir o tempo da viagem marítima, além de proporcionar aos passageiros maior conforto nas deslocações.

    Por exemplo, os “catamarans” vão permitir ligar São Vicente a São Nicolau em apenas duas horas (são cerca de cinco horas nas embarcações normais); Fogo à Brava em 35 minutos; São Vicente a Santo Antão em 30 minutos (cerca de uma hora nas outras embarcações) e Praia-São Vicente em cerca de cinco horas (até agora chegava a demorar quase 15/20 horas).

    A primeira embarcação, denominada “Auto Jet”, tem capacidade para 222 passageiros e fará a ligação São Vicente/ Santo Antão, duas a três vezes por dia. O mesmo barco também ligará São Vicente – São Nicolau duas vezes por semana.

    O outro “catamaran”, “Jet Caribe”, com capacidade para 313 passageiros, liga Praia/Maio/Boavista/ Sal aos domingos, e Praia/Fogo/Brava às segundas, quartas e sextas-feiras.

    Segundo Policarpo de Carvalho, as estruturas de custos de embarcações de alta velocidade como estas são diferentes das dos outros navios, e a alta especialização da tripulação acarreta custos adicionais.

    “A ARE (Agência de Regulação Económica) recomendou um preço diferenciado para embarcações de alta velocidade. Os preços variam por milhas percorridas. Há uma tabela, que é regulada pela ARE, que vamos praticar”, disse o responsável.

    O preço das deslocações varia entre os 1 300 escudos na viagem de S. Vicente para S. Nicolau e os 4.890 escudos da viagem entre Praia e Mindelo, sensivelmente um quarto da viagem de avião.

    O administrador da empresa define estas embarcações como sendo “seguras e próprias para a navegação oceânica”, que deram já mais que provas em águas similares às de Cabo Verde.

    “Além disso são confortáveis, com ar condicionado, televisores internos, com várias componentes electrónicas para controlar tudo o que se passa no interior e no exterior dos navios”, explicou.

    José Ramón

    Home de ferro

    imported_jose ramon
    Participante

    Gostei da exposição !

    Boa Matéria !!

    raimundo !!!

    Brasil . Portugal

    camundongo
    Participante

    É uma notícia antiga.

    http://www.mouracompany.net/index.asp?idedicao=51&idSeccao=637&Action=seccao

    ”Por motivos operacionais estamos temporáriamente suspensos”
    (Moura Company Group).

    Chuva é bom.

A visualizar 3 artigos - de 1 a 3 (de um total de 3)

Tem de iniciar sessão para responder a este tópico.