Ilha S.Vicente/St. Antão 17 Setembro 2010

Início Fóruns Viajar a/em Cabo Verde Ilha S.Vicente/St. Antão 17 Setembro 2010

Este tópico contém 2 respostas, tem 1 utilizador, com a última actualização feita por  vitortenrinho Há 10 anos.

A visualizar 3 artigos - de 1 a 3 (de um total de 3)
  • Posts
    vitortenrinho
    Participante

    Boa noite,

    vou passar uma semana a S.Vicente Hotel Porto Grande. A viagem para mim será inovadora pois os meus destinos turísticos de ilhas foram os Açores e Madeira. Os Açores (Fail, Pico e S.Jorge) é um destino espectacular.
    S. Vicente será um miminho para a minha mulher que esteve nessa ilha numa comissão do pai marinheiro de guerra. Os 9 e 10 anos só se tem uma vez e foram muito bem passados por ela nessa ilha.40 anos depois veremos como está. Vou levar muitos lenços pois sei que não faltarão os choros das saudades revividas. Sto.Antão será um miminho para mim pois penso fazer uns percursos pedestres ficando dois ou tres disa mesmo tendo já o hotel pago em S.Vicente.(Lá terei de arranjar uma estadia económica para não bagunçar as economias, nem que tenha de tomar banhos só de água fria). Gostaria de perguntar aos amigos foreiros batidos nestas viagens, se existem mapas a escala aqui no continente, destas ilhas com marcações de percursos pedestres ou pontos de interesse ?.
    A nível de prestação de serviços, existe alguma habituação a gorjetas? Se sim quais os valores normais? Eu sou um pouco avesso a gorjetas (no meu serviço não existem gorjetas e o trabalho faz-se)mas não quero que alguém se zangue comigo.
    Será possível levar um pack de garrafas de vinho para oferecer aos moradores que possam estar a habitar na casa onde ela passou os dois anos, ou é melhor esquecer?

    Obrigado pela vossa colaboração, e quando voltar porei aqui as minhas impressões, que provêm sempre de alguém que não anseia luxos mas sim vontade de conhecer outras gentes e paisagens.

    vitortenrinho
    Participante

    Ola Victor.
    Nao vivo em cabo verde mas seras certamente bem vindo.Sou santantonense e fico feliz qdo vejo foristas que la querem ir pois apesar de formada em turismo sou um pouco avessa ao turismo de massas praticado na ilha do sal ou Boavista.vais adorar Sao Vicvente e Santo antao.Sou tb adepta do pedestrianismo e sempre que vou de ferias faco percursos pedestres. aconselho-te vivamente a fazer o percuro de Lombo Branco- Pinhao ( passando por Matinho e Monte Joana)( Podes apreciar a plantacao do cafe ai existente e ainda os dragoeiros que sao plantas caracteristicas da Macaronesia e certamente vistes na madeira e nos Acores) e vais adorar.Tb podes fazer Cruzinha-Ponta do Sol( tens ai uma bela praia q se chama praia de aranhas mas tenha algum cuidado com o mar pois e perigoso por causa das correntes. podes refrescar-te ao pe da praia) do ou ainda Cova-Paul( as pombas)( tenha cuidado pq se o tempo tiver chuvoso pode ser mto escorregadio e com muito nevoeiro, mas tens uma vista espectacular do Vale do Paul. Em todos os casos tens que apanhar carros para ir aos pontos de partida do percurso. Mas nao precisas de alugar. Basta ires aos locais de saida para os lugares e pagas no maximo uns 100 a 200 escudos por pessoa(2 a 4 euros). Infelizmente a marcacao que pode existir nao segue as normas internacionais dos percursos pedestres. Penso voltar para viver a cv pode ser q eu possa fazer alguma coisa para mudar a situacao. Vou tentar. Sei q pode ser dificil mas nao impossivel.Qto a pensoes residencias tens o 5 de julho e a Residencial Bibi ( aconselho o segundo)na Ribeira grande em Povoacao mas pode haver ainda outras opcoes. Podes ir ao mesmo site procurar.Se calhar pode custar em media entre 15 a 20 euros diarios com pequeno almoco incluido. Tens minimercados onde podes fazer as tuas compras para preparar algum farnel para comeres ao longo do percurso pois acho q n encontraras onde faze-lo.Acho que sera uma boa ideia a sua mulher levar uma garrafa de vinho as pessoas que podem neste momento morar na casa onde ela viveu aos 9, 10 anos). O bom vinho em cv e mto apreciado mas tb muito caro.A gorjeta se quizeres dar podes faze-lo no teu ultimo dia de estadia no hotel ou pensao mas se bem enteres. Se nao o fizeres tb nao te levam a mal.Podes dar ou nao de acordo com a tua possibilidade e se achares por bem.Aproveita bem as tuas ferias e felicidades para ti e para a tua mulher.

    horta

    vitortenrinho
    Participante

    olá horta,

    obrigado pela tua colaboração, fico feliz por poder receber comentários de pessoas da terra que ainda por cima partilham dos mesmos gostos, neste caso em relação ao pedestreanismo.Na referencia aos custos não te enganaste quando falaste de 100ECV a 200ECV = 2 a 4€. O euro ainda está a perto de 104ECV não é assim?. Quanto a falhas de marcação de percursos ,
    não seguindo regras internacionais tem algo por onde nos possamos guiar?carreiros com identificações de locais, ou algo do género ou é facil de nos perdermos? Eu perder-me é dificil porque o GPS não me deixa ficar a meio, retornar é sempre fácil, posso é não percorrer os locais mais interessantes por sair do trilho. Não sabes se existe alguma organização que tenha tracks para importar para o GPS ?? É que na Net não descobri nada. Cartografia da ilha também não descobri em lojas mas existe um site que vende mapas pela net,com indicações de percursos pedestres e de BTT, não sei qual a qualidade.Se existisse fisicamente nalguma loja ou na embaixada era bom porque poderia dar uma vista de olhos para não comprar gato por lebre, sou de perto de Lisboa e é fácil deslocar-me á embaixada. Fiz uma viagem pela Escandinávia de moto e na altura fui ás embaixadas e os homens deram-me uma carga de revistas e mapas que fiquei a conhecer melhor aqueles países que Almada.Hoje vou á FNAC ver se por lá existe alguma coisa.
    Quanto as garrafas a minha dúvida é se existem restrições alfandegárias para poder levar um pack de 3 garrafas, por exemplo,correndo o risco que as mesmas fiquem retidas.

A visualizar 3 artigos - de 1 a 3 (de um total de 3)

Tem de iniciar sessão para responder a este tópico.