DROGA E CORRUPÇÃO SÃO PROBLEMAS

Início Fóruns Eventos/Notícias/Novidades de Cabo Verde DROGA E CORRUPÇÃO SÃO PROBLEMAS

Este tópico contém 10 respostas, tem 6 utilizadores, com a última actualização feita por  guida78 Há 11 anos, 6 meses.

A visualizar 11 artigos - de 1 a 11 (de um total de 11)
  • Posts
    guida78
    Participante

    A presidente da Câmara de S. Vicente denunciou que “a corrupção está instalada em Cabo Verde e a entrar em todas as camadas sociais”. É urgente combaté-la, defendeu a autarca que considera muito grave essa situação.

    Conversando com a comunidade cabo-verdiana radicada em Roterdão, Isaura Gomes disse que apesar dos vários ganhos adquiridos em 30 anos de desenvolvimento, Cabo Verde enfrenta algumas ameaças a que é preciso pôr cobro. Destacou a problemática da droga, a insegurança das populações e a corrupção instalada no País. Se não puser cobro, urgentemente, a tais ameaças, disse ela, “em três ou cinco anos Cabo Verde pode ficar KO, nas mãos de outras pessoas que não os dirigentes eleitos democraticamente pelo povo”. E afirmou que durante o recente Conselho de Ministros realizado em S. Vicente, ela pedira, quase que de esmola, ao Primeiro Ministro que fizesse um programa de luta contra a Droga.

    Citou exemplos de crianças de escolas básicas que se drogam no País. Para ela, Cabo Verde está a olhar de ânimo muito leve o grave flagelo que é o consumo e tráfico de droga em Cabo Verde: “urge colocar na agenda nacional esse assunto”, disse. “Muitos politicos têm medo de abordar esse assunto para não serem ameaçados pelos traficantes”.

    A presidente da Câmara de S. Vicente denunciou também: “a corrupção está instalada em Cabo Verde e a entrar em todas as camadas sociais”. É urgente combaté-la, defendeu a autarca que considera muito grave essa situação. Deu um exemplo havido na Câmara que dirige: um emigrante dirigiu-se a um serviço para levantar qualquer documento e recebeu como resposta que ainda não estava pronto e que só dentro de uma a duas semanas o estaria. O emigrante saiu e um funcionário foi atrás dele: “Si bo dam cinco contos ta ficá pronto agora mesmo”.

    Referiu Isaura Gomes que quando entrou para a Câmara de Mindelo, havia várias pessoas com vários terrenos, sendo dificil provar porque estavam esses terrenos em nome de familiares e amigos e que essas pessoas estavam a vendâ-los. Esta prática, afirmou a autarca, não existe só em S. Vicente – está generalizada a todo o Cabo Verde.

    guida78
    Participante

    Realmente a droga está um problema, das vezes que eu fui para o Sal sempre me tentaram vender e são varias as pessoas que andam nas ruas e na praia a vender, mas por outro lado são pessoas muito educadas que só perguntam “Tudo bem? Quer Erva?” ouvem um NÃO como resposta e dizem “OK tudo bem” e sem fazer qualquer tipo de pressão seguem o seu caminho.

    Ricardo Pit Bull

    guida78
    Participante

    É verdade Ricardo. Mas os problemas só agora estão começando para Cabo Verde. O tráfico para a Europa descobriu um novo caminho e pouco a pouco, o polvo começa a instalar-se sob o disfarce do turismo.
    As autoridades tem de ficar atentas e prontas para o combate.
    O Brasil fica ali a 4 horas e a Europa também. O acesso por mar é aquela porta aberta…
    Na minha opinião já devem andar por lá alguns portugueses a orientar a coisa…
    Faro de jornalista, digo eu!
    Fica o alerta, pode ser que algumas autoridades se passeiem por este fórum ;****

    imported_horta
    Participante

    Tb é um problema que me preocupa muito e o pior que, a ideia que temos é que, tirando a fiscalização dos aeroportos a policia não está nem aí! cabo verde sendo um país bem pequenino se os governantes estiverem interessados cortam o mal pela raíz. Podiam pôr policiais a paisana e tentar vêr quem são os traficantes.A última vez que fui a cv fiquei triste pq toda gente está preocupada em ter gdes casas, gdes carros não interessando como. Querem viver acima das suas possibilidades. Garante-vos que o cabo Verde onde nasci nunca foi assim. Onde paira a ética dos caboverdianos? Espero que a ganância não nos cega pois isso seria o nosso fim.Em santiago as pessoas estão totalmente dominados com o medo de saír a rua principalmente a noite por causa de um grupo de desordeiros repatriados dos EUA que em nada se identificam com os caboverdianos- Têm crise de identidade- que a policia não prende, não sei porque. Mas que país é esse? Não é o Cabo verde que vivi a minha infância a minha Juventude. Não vivo lá neste momento mas espero qdo voltar não encontrar nada da desordem que por aí anda.Eu amo muito o meu país. Não dêm cabo da minha querida terra se faz favor!!!

    horta

    Anónimo

    Um ola a todos os forenses com desejos de um optimo dia. Este topico e de enorme importancia para o futuro de CV. Na minha opiniao o problema da droga em CV, como alguem ja disse aqui antes CV e um pais pequeno, em principio e controlavel. So se entra em Cabo Verde por mar ou pelo ar. Os aeroportos, os portos e a fronteira maritima tem de ser controlados. Penso que com um maior controlo do turismo e a imigracao, principalment a imigracao ilegal dos paises africanos, seria facil conter e controlar este problema. Por isso eu defendo a abolicao do exercito que me parece nao ter cabimento na sociedade caboverdiana em favor do uso das verbas na criacao de uma guarda costeira forte e professional, capaz de por termo a imigracao ilegal. A resposibilidade e dos politicos, do governo de CV e do povo que vota nestes politicos. Na minha opiniao CV precisa tomar medidas fortes e agressivas contra a corrupcao e a droga, nao deve haver compaixao com os traficantes de drogas nem com a corrupcao, aqueles que procuram entrar por mar devem ser detidos e os barcos afundados, os imigrantes ilegais nao devem ser permitidos sair dos barcos ou avioes que os trazem, qualquer pessoa detida na posse de drogas nao deve passar para alem dos aeroportos antes de tomar aviao de volta para o ponto de partida. Os retornados com problemas de droga deviam ser vigiados e forcados a receber tratamento. A tolerancia deve ser zero! Se os politicos, o governo de CV, nao toma medidas, penso que os milhares de caboverdianos que vivem fora do pais deviam organizar e intervenir de uma forma ou de outra.

    guida78
    Participante

    Caro Olenorman
    É urgente e imprescindível que Cabo Verde forme um corpo de Guarda Costeira com barcos modernos e digna desse nome, capaz de por cobro ao transporte de droga por via maritima.
    Você acha que os políticos de Cabo Verde já perceberam isso?

    pris
    Membro

    Duas mulheres e um homem, cabo-verdianos, foram presos, em flagrante, por agentes da Polícia Federal brasileira quando tentavam embarcar num voo internacional no Aeroporto Pinto Martins, de acordo com a Rádio Comercial.

    Janaína Cristina de Sousa, 19 anos; Luzinete de Toledo da Silva, 41 e Adelino Gomes da Silva, 28, foram presos, na sexta-feira, com cápsulas de cocaína no estômago e na bagagem.
    A quantidade da droga que o trio transportava não foi divulgada, ainda, pela Polícia Federal (PF), que só deveria informar detalhes da operação nesta segunda-feira, dia 11.
    A apreensão aconteceu quando os três acusados desembarcaram num voo procedente de São Paulo. Eles foram presos em flagrante, mas os depoimentos só puderam ser concluídos mais de 24 horas depois, porque os três foram encaminhados a um centro hospitalar para se submeterem à retirada das drogas do estômago.
    O procedimento durou mais de cinco horas, quando foi necessário que os traficantes ingerissem laxantes e medicamentos para expulsar a droga do organismo sem o risco das cápsulas estourarem, o que causaria morte imediata por overdose.
    Os traficantes só saíram daquela unidade hospitalar por volta das 17horas, quando foram transferidos para a Superintendência da Policia Federal, onde continuaram os depoimentos e outros procedimentos policiais.

    Fonte:Visão News

    Ricardo Pit Bull

    imported_rodrigo
    Participante

    Desculpem amigos,

    Mas isto da droga em Cabo Verde não é novo.

    Há muito tempo que a Cocaína para a Europa passa por Cabo Verde. Meio de enriquecimento de muitos “badios” em Cabo Verde (como ouvi em São Vicente) e também subsistência para Cabo Verdeanos da diáspora em Portugal.

    E não são só também os Portugueses que podem estar envolvidos… citam-se Italianos e Franceses.

    Volto a repetir… á muito tempo que é assim. Já á quase 10 anos, ouvia a história de Cabo Verdeanos a passar pelo aeroporto com pequenas malas de negócios. Na altura despercebidas.

    Sou Português, como só um Cabo Verdeano ou Brasileiro sabe ser.

    jorgelima
    Participante

    Li atentamente todas as opiniões e concordo com a maioria, mas no meu caso se algume me perguntasse se queria erva na praia era bem menino para fumar uma chrrito. Se o fazemos em Portugal porque não la. Ervinha nunca fez mal a ninguem. É natural e tudo. Mas a falar a sério percebo todas as preocupações que a droga levanta o que não invalida a minha postura. Abraços

    jorge

    imported_jose ramon
    Participante

    Amigo Jorge:

    Perdón po lo meu portugues, fago o quen podo.

    Sinto non estar de acordo con a tua postura, mais respeto.
    A hervinha e natural e os isotopos radiactivos tamen; e o uso que se faga de eles e o que as fan boas ou malas
    Pero voltando a hervinha (xa que o dos isótopos radiactivos para nos e otro tema) ten un problema moy grande… o dinheiro!

    Dinheiro fácil!

    Dinheiro sen traballar e que non aporta nada a sociedade do país. Nin benefício nin lucro, nin educación nin respeto.

    NADA

    Solo afundir na misma merda dun pozo sin fondo unha forma ou estilo de vida (perdon po la dureza) do povo caboverdeano e de a sua cultura.

    Cabo Verde non necesita da hervinha (tudo máis de un grogue) nin de os seus comandantes, traficantes e gatunos que solo procuran o seu beneficio sin mirar para alá, para o futuro.

    O final e tudo unha cuestión de cultura, educación e respeto; sen mixturar con o pretendido desarrollo europeo ou mundial.

    Non sei si me explico?
    Non sei si me entendeden?

    Unha aperta a todos os amantes de Cabo Verde

    José Ramón

    Home de ferro

    jorgelima
    Participante

    Meu amigo, concordo plenamente contigo. Lamento se ofendi alguem com o meu comentário (continuando a dizer que gosto de fumar erva), no entanto percebo o teu ponto de vista da decadência que daí provém. Bem haja. Abraço

    jorge

A visualizar 11 artigos - de 1 a 11 (de um total de 11)

Tem de iniciar sessão para responder a este tópico.