Cape Verde Islands

Thursday 22.08.2019

 
 
Ver mensagens sem resposta | Ver Tópicos ativos

Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 3 mensagens ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: Potugal Apoia Crianças Desfavorecidas
MensagemEnviado: domingo jun 03, 2007 1:23 pm 
Offline
Avatar do Utilizador

Registado: segunda abr 17, 2006 6:39 pm
Mensagens: 1361
Localização: Portugal
O governo português vai apoiar as crianças desfavorecidas de Cabo Verde com cerca de 100 mil euros, de acordo com dois protocolos a serem assinados hoje na Cidade da Praia.


Assinados na véspera do Dia Internacional da Criança, os dois projectos de apoio, financiados no âmbito do Plano Anual de Cooperação para este ano, vão ajudar crianças desfavorecidas e que foram vítimas de maus-tratos, e crianças de rua.

De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades de Cabo Verde, o Instituto Cabo-Verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA) vai receber mais de 40 mil euros para a aquisição de duas viaturas para os Centros de Emergência Infantil da Praia e do Mindelo.

Estes centros recolhem e apoiam crianças que são vítimas de maus-tratos e de abusos por parte dos progenitores, encaminhando-as depois, se for caso disso, para outras instituições.

A cooperação portuguesa apoia ainda o projecto "Educação de Rua", da Associação de Crianças Desfavorecias (ACRIDES), com 58 mil euros, destinados a ajudar na integração social de 60 crianças e jovens de rua, com idades entre os sete e os 14 anos.


Fonte: Noticias Lusófonas.



Ricardo Pit Bull


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: quarta jun 06, 2007 6:41 pm 
Offline
Avatar do Utilizador

Registado: quarta abr 11, 2007 3:54 pm
Mensagens: 67
Localização:
Ora ai esta uma boa noticia, em vez de se fazer ataques pessoais aos forenses.Viva a cooperacao e entendimento entre os povos.
CARLO.


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: terça jun 19, 2007 8:30 pm 
Offline
Avatar do Utilizador

Registado: segunda abr 17, 2006 6:39 pm
Mensagens: 1361
Localização: Portugal
As escolas mais carenciadas de Cabo Verde vão receber material escolar, didáctico e informático oferecido por alunos e empresas portuguesas ao abrigo de um protocolo hoje assinado na associação dos Bombeiros Voluntários de Carnaxide.
Numa iniciativa da Federação das Organizações Cabo-Verdianas em Portugal e da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, este projecto de solidariedade foi baptizado de "Djunta Mom - Juntar as Mãos".
Na prática, consiste em sensibilizar todos os alunos portugueses, as suas famílias e empresas a darem material para as escolas cabo-verdianas, nem que seja um lápis.
"Se mil crianças oferecerem um lápis cada uma, juntamos mil lápis. Não custa nada a essas crianças e vai ser muito importante para os meninos de lá", disse Manuel Correia, presidente da Federação das Organizações Cabo-Verdianas em Portugal.
De acordo com o responsável, o projecto vai arrancar numa primeira fase nas escolas mais carenciadas da ilha de S. Vicente, para onde vão começar a enviar material informático, livros, canetas, lápis e borrachas, entre outros.
Manuel Correia não sabe ainda precisar quantas escolas vão ser abrangidas pelo "Juntar as Mãos", mas afirmou que o Ministério da Educação cabo-verdiano está a fazer um levantamento dos estabelecimentos que têm maior necessidade e dos materiais de que mais precisam.
"A campanha de recolha de material vai decorrer até ao final do ano. Nessa altura vamos fazer um balanço dos materiais recolhidos e decidiremos onde serão entregues", disse.
O embaixador de Cabo Verde em Portugal, Arnaldo Andrade, felicitou a iniciativa da Federação das Organizações Cabo-Verdianas em Portugal e da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais e garantiu que terá todo o apoio da Embaixada.
"Damos todo o apoio a esta iniciativa, que tem dois aspectos muito positivos: serem as próprias crianças os actores do projecto de solidariedade e levarem as suas famílias a participarem também", disse o embaixador.
De acordo com o diplomata, as maiores beneficiárias deste projecto deverão ser as escolas rurais, da periferia, onde residem comunidades pobres e onde o acesso aos materiais escolares é escasso.
Por seu lado, o presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, Fernando Curto, explicou que o projecto nasceu no âmbito do protocolo que estão a desenvolver com a Associação Nacional de Municípios Cabo-Verdianos e classificou-o como "uma modesta contribuição".
Fernando Curto disse ainda que algumas empresas já garantiram o seu apoio ao "Juntar as Mãos", entre as quais a Porto Editora, que vai contribuir com 200 livros de português e matemática.
O projecto "Djunta Mom - Juntar as Mãos" é ainda apadrinhado pela cantora cabo-verdiana Titina.

Fonte: Notícias Lusófonas.


Ricardo Pit Bull


Topo
 Perfil  
 
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 3 mensagens ] 


Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante


Criar Tópicos: Proibído
Responder Tópicos: Proibído
Editar Mensagens: Proibído
Apagar Mensagens: Proibído
Enviar anexos: Proibído

Pesquisar por:
Ir para:  
cron